Começando a entender
o LIFESTYLE de um criativo

Conteúdos multimídia iH!Criei neste artigo

vídeo
foto
infográfico
áudio
pesquisa
Não temos revisores, portanto, se você encontrar algum erro, por favor nos ajude entrando em contato, e, se você quiser entender o por quê, leia nosso manifesto.

Quando decidi criar o IH!CRIEI foi assim: sem script, por impulso e mil coisas na cabeça para compartilhar. Colocar uma ideia pra fora é um ato de extrema excitação para um criativo. A ansiedade vibra, a concentração escapa. É uma confusão só. Aliás, acho que se eu fosse definir uma das características de uma pessoa criativa, seria exatamente essa: faminta por diversidade de informações e juízo para não perder a concentração na criação. Pois é, um criativo na Era Digital pode beirar à loucura ou o caos na rotina, é tanta informação e conhecimento disponível e, você sabe, somos curiosos fanáticos! Quase tudo parece importante e interessante, portanto, o foco e a concentração só é conseguido com muito suor. Minuto após minuto. Mas, no final, geralmente sai coisa boa, às vezes absurda e muitas delas, serão guardadas ou simplesmente descartadas. Como é que um criativo cria?

Foto: Patricia Bernal (eu!) e Mórris Litvak (Fundador da Maturi)

O DESAFIO DO PLANEJAMENTO

Um dos meus grandes desafios para colocar as criações em prática é o aprendizado constante de saber planejar. Tudo aliás. Na época que o IH!CRIEI surgiu não havia tantas plataformas de organização como existem hoje. Uma das pioneiras foi o Evernote, depois surgiram outras muito boas, umas mais caras outras mais acessíveis. Uso agendas de papel ainda, bloco de nota e lousas e post it. Criativos gostam de ter escolhas.

Sobre planejar, não é algo costumeiro no mundo dos criativos, somos impulsivos, adoramos a intuição, a coisa que vem da alma, do sentir, sem muita análise. Mas, para empreendedores criativos, e para um profissional criativo conseguir trabalhar de forma adequada, não dá fugir da prática do planejamento. Afinal, sem essa organização, o risco é o de ter muitas ideias e execuções, pouco comprometimento e resultados.

Acredite ou não, demorei 30 anos para chegar a ter essa atitude de querer aprender a planejar melhor, e, até hoje, passados 5 anos desde a criação do que hoje é portal, continuo a aprender todos os dias, e assim, a evolução vem acontecendo. São mudanças de hábitos. Agora, imagina mudar uma cultura? Pois é. Nós aqui do IH!CRIEI estamos empenhados em fazer isso acontecer. Qual cultura? A criativa que pode ajudar na inovação, a cultura da valorização de nossos profissionais como criadores-especialistas em executar ideias e em preservar culturas que foram criadas anteriormente. Precisamos entender e ter na ponta da língua nossa contribuição para a sociedade, o indivíduo e a economia. Mas o papo aqui não é esse. É sobre como a gente cria e, como criamos de forma mais inteligente. Você trabalha na indústria criativa? Ou você se relaciona com criativos? Então, se entenda ou entenda-os, é o único caminho para tirar ao máximo o talento de um criativo.

O fato é que um criativo sem planejamento pode se perder muito nas ideias ou demorar a executá-las. Conclusão, agora mais que isso, planejar deve ser uma missão. Ah, detalhe: se tem algo que o criativo demora para decidir a fazer é qual planejamento irá fazer primeiro, afinal as ideias, projetos e a coisa toda não param. O criativo está sempre ocupado? Sim, ao menos na cabeça dele. Ele está busy de tantas coisas que tem pra fazer, mais as que quer fazer, mais as que nem sabe que ainda quer fazer. Você conhece uma pessoa criativa? Então repare nisso.

AAS PESSOAS ESTÃO SE INTERESSANDO MAIS POR DESCOBRIR SUA CRIATIVIDADE?

O mito do “você é criativa, já eu não” é uma bobagem. O lance é, como criativa, gosto de alimentar minha criatividade, me desafiar a criar, a fazer diferente. Não que eu seja mais ou menos criativa em relação a alguém. Eu só me proponho a ser assim. É uma escolha pessoal. Não é uma obrigação ou imposição do mercado, é algo bastante individual, mas muito relacionado com o prazer da criação. Quem nunca experimentou isso, dificilmente vai ter essa motivação. Por isso é URGENTE você se propor a experimentar seus talentos para criar. E, se você já trabalha na área criativa, exponha ao seu redor esse seu tesão por criar. Não deixe os ambientes de trabalho apagarem essa paixão que você tem pelo que faz.

Sim, eu sou uma incentivadora da criatividade humana desde que eu incorporei ela no meu modo de operar. Antes era muito intuitivo e sem um entendimento real da minha atividade (ou talento), hoje tenho extrema consciência e isso faz toda a diferença. Por quê? Porque quando você aprende a se posicionar como uma criativa, a buscar sua voz, e usar sua voz, a não ter vergonha de suas ideias, você se liberta!

Aliás, acho que além de solucionar problemas e da autoexpressão a criatividade também deixa a vida mais leve, divertida e interessante, e explorar esse universo, virou minha boa “obsessão” e, que, transformou o que o IH!CRIEI é hoje: uma empresa de pesquisa e desenvolvimento humano nas áreas criativas e da criatividade humana.

Este vídeo do youtuber Fernando Mesquista mostra um ponto de vista interessante sobre criatividade. Vale a pena conferir!

Eu crio, você cria! Comente aqui abaixo diga como você se sentiu ao ler esse artigo, e fique a vontade para expor sua opinião.

Arte da capa: Eiko Ojala

Como você se sentiu depois de aprender com este conteúdo?
  • Quero+ (11%)
  • Chocado (11%)
  • Inspirado (22%)
  • Curioso (11%)
  • Surpreso (11%)
  • Feliz (22%)
  • desanimado (11%)

Sobre Patricia Bernal

Sou fundadora e curadora do portal IH!CRIEI, apaixonada pela transformação que a criatividade humana pode impactar! Atualmente estudo o mercado criativo, transformação digital e tudo que envolve inovação em gestão e negócios criativos. Sou Jornalista, Fotógrafa, Filmmaker, Educadora e Palestrante, além de pesquisadora autônoma. Dentro de nossa classificação pra Economia Criativa, sou da área de Comunicação Instantânea, com especialização em conteúdo Multimídias e em StoryMídias, com especialização em Audiovisual. "Espero contribuir com um conteúdo que inspire e ajude as pessoas a fazer um melhor proveito da criatividade, gestão e autonomia de carreira e negócios nas áreas criativas e no mundo digital". Se quiser conhecer um pouco de meu olhar criativo, acesse www.patriciabernal.me

Este post foi publicado em iH!Empreendi e marcado com a tag , , , , em por .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *