A indústria de Games
no Brasil e no Mundo

Conteúdos multimídia iH!Criei neste artigo

vídeo
foto
infográfico
áudio
pesquisa
Não temos revisores, portanto, se você encontrar algum erro, por favor nos ajude entrando em contato, e, se você quiser entender o por quê, leia nosso manifesto.

A área de games (ou jogos digitais) tem sido uma das mais fortes da Economia Criativa. Em 2017, de acordo com o MicBr, Mercado das Indústrias Criativas do Brasil, do Ministério da Cultura, o setor de jogos digitais faturou mais de 120 bilhões de dólares no mundo todo, mais até do que as áreas de música e cinema. No Reino Unido, por exemplo, os jogos são livres de imposto e isso colocou a indústria de games lá em cima. Desse montante de dinheiro, o Brasil representa cerca de 1,3 bilhão de dólares, ficando na 13º posição mundial. São produzidos cerca de 1,7 mil jogos no nosso país, e o número só cresce com as facilidades de internet e tecnologia que temos ao nosso redor. 

O Elaborando Projetos, de Rose Meusburger, canal que fala sobre a Economia Criativa, fez um vídeo explicando como anda o mercado cultural voltado para a área de games e dedica uma playlist só a esse segmento. Clique aqui pra ver.

Interessante o que Rose nos traz e muito boas notícias para quem quer entrar na área!

“Os jogos são uma forma de arte incrível. Eles incorporaram todos os segmentos artísticos, como música, design, audiovisual. Com isso, estão conquistando seu espaço na Economia Criativa e gerando um efeito cultural de grande impacto. A única coisa que não temos neste mercado é o glamour do tapete vermelho”conta Jason Della Rocca, especialista na área e fundador da Execution Labs.

Arte da capa: Ann-Sophie De Steur

Como você se sentiu depois de aprender com este conteúdo?
  • Quero+ (0%)
  • Chocado (0%)
  • Inspirado (0%)
  • Curioso (0%)
  • Surpreso (0%)
  • Feliz (0%)
  • desanimado (0%)
Patricia Bernal

Sobre Patricia Bernal

Sou fundadora e curadora do portal IH!CRIEI, apaixonada pela transformação que a criatividade humana pode impactar! Atualmente estudo o mercado criativo, transformação digital e tudo que envolve inovação em gestão e negócios criativos. Sou Jornalista, Fotógrafa, Filmmaker, Educadora e Palestrante, além de pesquisadora autônoma. Dentro de nossa classificação pra Economia Criativa, sou da área de Comunicação Instantânea, com especialização em conteúdo Multimídias e em StoryMídias, com especialização em Audiovisual. "Espero contribuir com um conteúdo que inspire e ajude as pessoas a fazer um melhor proveito da criatividade, gestão e autonomia de carreira e negócios nas áreas criativas e no mundo digital". Se quiser conhecer um pouco de meu olhar criativo, acesse www.patriciabernal.me

Este post foi publicado em Games e marcado com a tag , em por .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *