O Design Gráfico e a Economia Criativa

Conteúdos multimídia iH!Criei neste artigo

vídeo
foto
infográfico
áudio
pesquisa
Não temos revisores, portanto, se você encontrar algum erro, por favor nos ajude entrando em contato, e, se você quiser entender o por quê, leia nosso manifesto.

Hoje em dia a palavra Design está em todo lugar. Design de Interiores, Design Thinking, Design de Sobrancelhas… por que será? A palavra é inglesa, derivada do latim designare, que significa apontar, desenhar, traçar uma direção. Com o avanço tecnológico, o termo design virou um modelo moderno de pensamento que visa trabalhar conceitos em direção a uma finalidade – seja um produto, uma cadeira com estilo e funcionalidade, de post no Instagram a uma solução de um problema. O design anda de mãos dadas com a criatividade, porque é através do olhar criativo que conseguimos formular o pensamento de um design para o nosso projeto.

O QUE É DESIGNER GRÁFICO E UMA INTRODUÇÃO AOS TERMOS UX/UI DESIGN

Um termo muito usado atualmente para o design é o UX/UI Design (UX – Design de Experiência para o Usuário e UI – Design de Interface para o Usuário) que na verdade é apenas um novo jeito de dizer que o design está sendo pensado para a experiência do usuário – do momento que ele entra em contato com a informação até a sua navegação. Antes não era? Essencialmente sim, afinal, a maioria dos produtos e serviços desenvolvido pelos criativos sempre se preocupou ou teve intenção de se relacionar com quem iria “usá-lo ou consumí-lo”, claro que agora há uma preocupação ainda maior com esse relacionamento e, se fosse pra pontuar uma mudança, seria essa, a de uma maior preocupação. Além disso, o termo também ajudou a indústria tradicional entender o valor do design para seu negócio. Ufa! Aos poucos, a gente chega lá! Para os designers, na prática, não muda muita coisa. O design é classificado como Comunicação InstantâneaO que querem me dizer, em nossa nova classificação IH!CRIEI para a Economia Criativa, onde o objetivo principal é transmitir uma mensagem de impacto instantâneo a fim de atrair o público – e então fazer com que ele se relacione com o “produto, serviço ou ideia” ali apresentado.

Como existem muitos tipos de “designs” por aí, aqui vamos no Design Gráfico que, pra gente, consiste em tudo aquilo que é pensado, desenhado, concebido para a criação de imagens com estética e criatividade, pensando não só coisas feitas a mão, mas em especial a partir da tecnologia ou com essa junção de manufaturado com tecnologia – por exemplo um design que você fez no papel mas melhorou no Photoshop (software de edição da Adobe), entendeu?

Quem segue carreira como Designer Gráfico costuma ser uma pessoa cheia de curiosidade, criativa, que ame – e saiba como – expressar sentimentos, climas, através das imagens que cria ou combina. Além disso precisa saber lidar com algumas ferramentas, a começar pelas mais conhecidas como o Photoshop ou Illustrator, ou qualquer outro de edição de imagem.

CONHEÇA ALGUNS EVENTOS IMPORTANTES DA ÁREA

Eventos, feiras e festivais são extremamente importantes para divulgar o seu trabalho, aprender mais, conhecer gente nova e fazer contatos, além de ver quem são as carinhas que estão atualmente dando certo na área. Um dos mais importantes no Brasil é a Bienal Brasileira de Design Gráfico em Curitiba, além do São Paulo Design Weekend e da Liga-Pontos, em Brasília. No exterior, destacamos a Decor + Design, na Austrália, a Grafinca, no Peru, a Lisboa Design Show, em Portugual, a LA Design Festival em Los Angeles e a a Animac, na Espanha que tem coisas para a área do audiovisual também. Vale a pena conferir a agenda de eventos criada pelo portal Design Brasil, clicando aqui. Juntos vamos conseguir organizar o mercado criativo brasileiro e ir pra frente! Bora?

É importante enfatizar que não somos especialistas em todas as categorias da indústria criativa, só em algumas como Comunicação Instantânea e StoryMídias. Porém, somos jovens pesquisadores da Economia Criativa e estamos, aos poucos, nos informando, conhecendo e vivenciando cada um dos universos criativos, para ampliar nossa visão de mundo e proporcionar a você uma imersão completa e maior entendimento do por quê esse universo da criatividade humana é tão fascinante, e como você, seja de qual área criativa for ou, caso não seja, trabalhe com os criativos, consiga ampliar sua visão de mundo para gerar inovação em sua atividade profissional e assim obter cada vez mais reconhecimento!

Você pode nos ajudar a construir um conteúdo qualificado e assertivo dando suas sugestões, trazendo seus incômodos e opiniões, seja nos comentários ou redes sociais. Nosso canal mais ativo no momento é o Instagram: @ihcriei. Segue lá!

Estamos atentos e em constante aprendizado! Nos vemos no próximo artigo! E não deixe de nos dizer como você se sentiu ao ler este conteúdo, a gente se importa com você…

>> Colaborou para este artigo, texto e design Camilla Zahn

Arte da capa: Scott Balmer


Como você se sentiu depois de aprender com este conteúdo?
  • Quero+ (27%)
  • Chocado (18%)
  • Inspirado (18%)
  • Curioso (9%)
  • Surpreso (9%)
  • Feliz (18%)
  • desanimado (0%)
Redação iH!Criei

Sobre Redação iH!Criei

O Ih!Criei é dedicado a trazer conteúdos especializados sobre as áreas da Economia Criativa, como colocar a Criatividade na Prática e o como trabalhar o Desenvolvimento Humano Criativo e Inovador em uma linguagem multimídia acessível, informal e criativa. Nossa principal visão é de que a criatividade é um valor humano e, como todo valor que contribui para o bem de uma sociedade, deve ser cultivado, compartilhado e praticado. Antes de inovar, é preciso criar.

Este post foi publicado em Design Gráfico e marcado com a tag em por .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *