[como começar]
Audiovisual e a
Economia Criativa

Conteúdos multimídia iH!Criei neste artigo

vídeo
foto
infográfico
áudio
pesquisa
Não temos revisores, portanto, se você encontrar algum erro, por favor nos ajude entrando em contato, e, se você quiser entender o por quê, leia nosso manifesto.

Um filme com uma pipoquinha ou aquele capítulo da novela – pra quem gosta de ver TV – e as infinitas séries é quase uma meditação pra muita gente. Mas saiba que têm muitas pessoas e muito suor por trás de toda essa produção que entretem e informa milhões de pessoas diariamente no mundo todo. Quem trabalha nessa área, sabe que a atividade é muito prazerosa, mas pode ser bastante tensa e cansativa dependendo do nível de produção. Hard work aqui! Se prepara!

Essa é uma indústria muito competitiva e você vai ter que trabalhar em projetos e áreas que talvez não estejam muito ligadas com o que você quer fazer naquele momento ou como carreira principal, por isso, são dois caminhos: ou você abraça as oportunidades de experimentar várias coisas dentro desse mercado e, então, com mais maturidade e experiência você decide, ou você foca logo em uma coisa só e se aprofunda pra você extrair todo seu talento naquilo. Mas repetimos: é muito difícil você fazer uma coisa só….o mercado vai pedir mais. Então, aproveite e faça seu portfólio e networking, que são mega importantes nesses segmentos, mas lembre-se aonde você quer chegar.

Essa série de vídeos do meu canal do Youtube, o Câmera na Mão traz questionamentos bem bacanas para quem está pensando em trabalhar neste mercado (são três perguntas, e em seguida um vídeo resposta). Vale a pena conferir os 3 questionamentos no canal e as respostas no último vídeo 😉

Maratona hein? Mas vale a pena! Outra ideia ótima é sempre estar em projetos, sempre fazer coisas novas com os equipamentos e sair para se aprimorar. Vale a pena você também estudar edição, assim você ganha liberdade de criar e finalizar um projeto. Um dos caminhos pra quem quer entrar mais pra área de cinema é tentar se inscrever editais para captação da grana, ou criar uma obra audiovisual para inscrever em festivais e, quem sabe, começar a ter seu nome e trabalho reconhecido. A questão é sempre tentar, trabalhar duro, e não desistir fácil. Se você tem talento, vai dar certo!

Na área de TV, conseguir um estágio em alguma emissora, novamente nem que seja como assistente de alguma coisa relacionada a equipe de produção, ajuda muito, e você pode ir aos poucos conhecendo gente e mostrando o seu valor. Em empresas maiores têm muitos programas de trainee – e esses costumam ser o melhor caminho pra entrar nas emissoras, mas se você tiver conhecidos ou pessoas que possam indicar também é um caminho. Mandar portfólio ou currículo pra emissoras sem conhecer ninguém, até onde temos experiência é papel queimado à toa. Mas, vamos investigar e dar mais possibilidades, afinal, estamos aqui pra mudar e dar acesso à todos. Ok?

É importante enfatizar que não somos especialistas em todas as categorias da indústria criativa, só em algumas como Comunicação Instantânea e StoryMídias. Porém, somos jovens pesquisadores da Economia Criativa e estamos, aos poucos, nos informando, conhecendo e vivenciando cada um dos universos criativos, para ampliar nossa visão de mundo e proporcionar a você uma imersão completa e maior entendimento do por quê esse universo da criatividade humana é tão fascinante, e como você, seja de qual área criativa for ou, caso não seja, trabalhe com os criativos, consiga ampliar sua visão de mundo para gerar inovação em sua atividade profissional e assim obter cada vez mais reconhecimento!

Você pode nos ajudar a construir um conteúdo qualificado e assertivo dando suas sugestões, trazendo seus incômodos e opiniões, seja nos comentários ou redes sociais. Nosso canal mais ativo no momento é o Instagram: @ihcriei. Segue lá!

Estamos atentos e em constante aprendizado! Nos vemos no próximo artigo! E não deixe de nos dizer como você se sentiu ao ler este conteúdo, a gente se importa com você…

>> Colaborou para este artigo, texto e design Camilla Zahn

Arte da capa: MUTI

Como você se sentiu depois de aprender com este conteúdo?
  • Quero+ (0%)
  • Chocado (0%)
  • Inspirado (17%)
  • Curioso (33%)
  • Surpreso (33%)
  • Feliz (17%)
  • desanimado (0%)
Patricia Bernal

Sobre Patricia Bernal

Sou fundadora e curadora do portal IH!CRIEI, apaixonada pela transformação que a criatividade humana pode impactar! Atualmente estudo o mercado criativo, transformação digital e tudo que envolve inovação em gestão e negócios criativos. Sou Jornalista, Fotógrafa, Filmmaker, Educadora e Palestrante, além de pesquisadora autônoma. Dentro de nossa classificação pra Economia Criativa, sou da área de Comunicação Instantânea, com especialização em conteúdo Multimídias e em StoryMídias, com especialização em Audiovisual. "Espero contribuir com um conteúdo que inspire e ajude as pessoas a fazer um melhor proveito da criatividade, gestão e autonomia de carreira e negócios nas áreas criativas e no mundo digital". Se quiser conhecer um pouco de meu olhar criativo, acesse www.patriciabernal.me